Transformação digital

Entenda como funciona o escrow de software

Iron Mountain Brasil

Escritor

O escrow de software tanto para o desenvolvedor quanto para o licenciado serve para mitigar os riscos ao negociarem uma licença de software ou tecnologia

Muitas negociações contém riscos que precisam ser levados em consideração, por isso a necessidade de algumas garantias de contratos. No caso, para licenciar um software é preciso que ambas as partes estejam confortáveis durante a transação para que não seja prejudicada. 

Em uma ponta, os desenvolvedores precisam confiar que os clientes não farão uso indevido do software e na outra, os usuários esperam que os desenvolvedores vão garantir a funcionalidade total do software no futuro. Mas, o mau funcionamento da plataforma ou desatualização pode impactar diretamente nas atividades da empresa. Nesse momento é preciso ter um planejamento para saber lidar com eventos inesperados. 

O que é Escrow de Software?

O escrow de software é um depósito com garantia que serve para o usuário e o desenvolvedor mitigar os riscos na hora de negociar uma licença. Ele é um documento confidencial que comprova o contrato entre as partes, e esta garantia fica sob responsabilidade de uma terceira pessoa até que o acordo seja firmado. Lembrando que todas as cláusulas devem ser revisadas neste processo. 

Três partes estão envolvidas no escrow software:

1 – O desenvolvedor do software;

2 – O depositante, ele é o primeiro proprietário do domínio escrow;

3 – O depositário escrow é a terceira pessoa envolvida no acordo, ela é responsável por cuidar do contrato.

Com um contrato escrow de software, o código-fonte do desenvolvedor é gerenciado em uma conta protegida. Se o desenvolvedor não puder dar suporte ao produto no futuro por motivos especificados no contrato escrow – como falência, obsolescência, fusão ou aquisição – o licenciado poderá acessar o código-fonte para manter o seu negócio em funcionamento. O objetivo é manter o usuário final em operação, quer a tecnologia esteja no local ou em Software-como-Serviço (SaaS).

Um acordo de escrow software ajuda a reduzir os riscos e acelerar o retorno das operações caso o desenvolvedor não trabalhe mais com o sistema. Em termos gerais, ele funciona como um seguro, que talvez nunca precise acionar, mas têm garantias. 

Alguns benefícios do escrow de software são:

Escrow de Tecnologia da Iron Mountain

Apesar de quase 80% da propriedade intelectual em escrow ser para software, há muitos contratos que protegem ativos como: documentação de design, fórmulas, algoritmos, receitas, tecnologia não baseada em código-fonte e outros materiais proprietários que são gerenciados por nós até que as condições em seus contratos sejam atendidas e possamos entregar os materiais para a parte relevante. Como a empresa que comercializou o conceito de escrow de código-fonte em 1982 – nós ainda estamos na linha de frente do campo hoje e continuamos a nos surpreender pelos benefícios imutáveis e o papel que uma terceira parte neutra tem na geração de confiança.

Ao fazer uma parceria com a Iron Mountain, a provedora mais confiável do mundo em serviços de escrow de tecnologia, você terá a infraestrutura, recursos e conhecimento necessários para proteger os seus ativos vitais e preservar a integridade da sua propriedade intelectual.

Clique aqui para saber mais sobre os serviço de verificação de escrow da Iron Mountain Brasil.

21 abril 2021

Compartilhe

facebook linkedin

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Transformação digital

Digitalização de empresa: 5 pontos que colocam você à frente da concorrência

Siga estas dicas para que a digitalização de empresa prepare você para a transformação pós-pandemia […]

Insights

Tecnologias emergentes vs. tecnologias disruptivas

Existe um burburinho em torno de tecnologias emergentes e disruptivas. Por isso, as empresas devem aprender como se prepa []

Transformação digital

Por que investir na automatização de processos de RH?

O setor de Recursos Humanos pode ter uma posição mais estratégica dentro das corporações se o time puder direcionar os e […]